Cozinha Mineira – Receitas da Familia

Detalhes Categoria pai: Artigos Categoria: Gastronomia

Cozinha Mineira e suas histórias

Encontramos na culinária mineira uma diversidade de pratos. Em cada região do estado há uma comida típica diferente. Há pratos que se destacam na mesa de todas as casas mineiras, principalmente no interior, tais como o angu, que na maioria das vezes é confundido com a polenta do Sul do país.

O angu tem sua própria história. A princípio, era feito somente com fubá de milho e água e sem adição de sal.

Nos séculos coloniais o sal só podia vir de Portugal e era, também, um produto caro. Dessa forma, o angu de gosto, então insosso, era na realidade semelhante à comida dada aos porcos.

Tal semelhança, conta-se que deu origem ao nome deste prato que serve de acompanhamento a pratos principais.

O angu, nas regiões em que houve influência de imigrantes italianos passou a ser conhecido como polenta. No entanto, a polenta é um prato típico da cultura italiana embora o ingrediente principal, o “protagonista da história” seja, também, o fubá de milho.

Quando o angu é preparado de uma forma mais cremosa para ser misturado com miúdos de vacas ou porcos recebe o nome de angu “à baiana”.

Na verdade, a diferença entre angu e polenta está toda no tempero. Enquanto o angu mineiro, originariamente, leva apenas o fubá de milho e água, a polenta leva sal e outros temperos.

Ainda hoje há divergências quanto ao uso dos dois termos em questão.

Atualmente, algumas pessoas vêm incrementando esse prato, acrescentando caldo de carne, manteiga, queijo, cada uma dando o seu toque, abusando da criatividade .

Enfim, apesar da rixa entre angu e polenta convenhamos que ambos são mesmo uma delícia e dão “água na boca”.

Adicionar comentário

JComments

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*